Daniel Santos Jr.

O pastor Daniel liderará a equipe pastoral no quadriênio 2022-2025, na Igreja Presbiteriana de Santo Amaro, após ter servido como auxiliar por vários anos. Ele é natural de Cuiabá-MT, filho do casal Daniel e Benícia Santos, os quais são membros da Igreja Presbiteriana de Cuiabá desde a juventude. O seu pai serviu como presbítero dessa igreja por mais de 40 anos, sendo agora presbítero emérito. A sua mãe nasceu em uma família que esteve profundamente envolvida com os primórdios do presbiterianismo em Cuiabá, na década de 1920. O casal Daniel e Benícia teve cinco filhos nesta ordem: Tânia, Daniel, Telma, Carlos e Luís.

O pastor Daniel é casado com Renata desde 1992, a qual conheceu em Goiânia quando foi fazer seu curso de teologia. Renata nasceu em Porto Alegre, mas se mudou para Goiânia com seus pais ainda quando criança. Juntos, o casal iniciou uma jornada de serviço ao reino de Deus que os levaria a lugares jamais cogitados. Em 1992 ele atuou como diretor do Instituto Bíblico Augusto de Araújo (IBAA) em Cuiabá, em 1993 iniciou sua carreira como docente no seminário em Goiânia (SPBC), onde lecionou até 1997. Nesse mesmo período, serviu como pastor auxiliar na 1ª Igreja Presbiteriana de Goiânia e, posteriormente, se tornou o pastor titular. Em 1998, o casal, agora pais da Cléo (1997), se mudou para os Estados Unidos para estudar. Em St. Louis, o casal teve mais um filho, Bruce (2001), e o pastor Daniel concluiu seu mestrado no Covenant Theological Seminary. Em julho do mesmo ano, eles se mudaram para Chicago, onde permaneceram até a conclusão do seu curso de doutorado, em 2006, no Trinity Evangelical Divinity School. Ao retornar para o Brasil, o casal residiu temporariamente em Goiânia, até que o pastor Daniel fosse convidado para servir como professor de tempo integral no Centro de Pós-Graduação Andrew Jumper, em 2007. Desde então, o casal mora em São Paulo-SP, tendo começado a servir a Deus na IPSA em 2012.

Desde que veio para São Paulo, o pastor Daniel manteve suas conexões com os amigos que fez durante seus estudos no exterior, o que lhe permitiu conhecer diversos modelos de igrejas e ministérios pastorais. Em 2010, ele foi convidado para participar do Terceiro Congresso de Lausanne, na Cidade do Cabo, África do Sul, onde atuou como moderador de mesa. Desde então, outras oportunidades acabaram surgindo e moldando o seu perfil ministerial. Ele ministrou aulas, pregou e participou de conferências em países como Chile, Argentina, Equador, Uruguai, Colômbia, Panamá, Angola, Singapura, Inglaterra (Cambridge e Oxford), Canadá e Estados Unidos. Em 2011, recebeu uma bolsa da Langham Partnership (Fundação John Stott) para fazer seus estudos pós-doutorais em Oxford até 2014. Durante esse período, o pastor Daniel trabalhou em uma equipe com pesquisadores das Filipinas, Colômbia, Singapura, Etiópia, Nigéria, Grécia, Quênia, Romênia e República do Congo.

Embora boa parte dessas experiências tenham sido no campo acadêmico, o impacto que elas trouxeram para a formação do perfil ministerial do pastor Daniel foi determinante em três áreas:

1) na formação de uma visão ministerial com escopo global,
2) na preparação para coordenar trabalho em equipe e
3) no conhecimento bíblico e teológico para as pregações.

Nada disso garantirá o sucesso de seu pastorado se o Senhor não se agradar de sua vida e abençoar seu labor. O pastor Daniel assume o pastorado da IPSA com 53 anos de idade e 30 de pastorado.

Pastor Auxiliar
Filipe Fontes